Archive for novembro \24\UTC 2009

Australiano apanha de canguru ao tentar salvar cachorro

24 novembro, 2009

Um homem foi agredido por um canguru enquanto tentava salvar seu cachorro de ser afogado pelo animal, em Arthur’s Creek, na Austrália.

Segundo reportagem do jornal “Herald Sun”, Chris Rickard, de 49 anos, disse que estava passeando com o cão Rocky, no domingo pela manhã, a cerca de 400 metros de casa, quando acordaram um canguru que estava dormindo na grama. O animal ficou assustado e fugiu para um riacho, mas Rocky correu atrás dele.

O canguru teria segurando o cão embaixo d’água. Para salvá-lo, Rickard entrou no riacho, imaginando que o canguru iria se assustar e fugir. Mas, enquanto continuava segurando o cão, o animal deu uma patada na testa do homem.

Depois de lutar com o animal, que também tentou afogá-lo, Rickard deu uma cotovelada na garganta do canguru, que finalmente desistiu.

“Eu imaginei que tomaria uma paulada ou duas ao arrastar o cachorro de sob suas garras, mas não esperava que ele fosse realmente me atacar”, contou Rickard, que foi hospitalizado com ferimentos no peito, nos braços e na cabeça.

Anúncios

Goleiro recebe cartão amarelo depois de tirar gato de campo

24 novembro, 2009

O goleiro de um time da primeira divisão croata recebeu um cartão amarelo como punição por ter interrompido o jogo para tirar um gatinho de campo.

Ivan Banovic foi surpreendido pela visita do animal próximo à trave por volta dos 20 minutos de partida no sábado, em Sibenik, na Croácia. Banovic, do time visitante, Medjimurje Cakovec, recolheu o gato e o levou até um local mais seguro, próximo ao placar da partida.

Fotos

Ao voltar para o campo, o goleiro foi advertido com um cartão amarelo por ter se retirado sem a permissão do juiz. A atitude do árbitro irritou a torcida, que o insultou.

Chinês faz 12 flexões apoiado em um dedo e quebra recorde mundial

11 novembro, 2009

Mestre de kung fu, Fu Bingli vai para o livro dos recordes depois de fazer 12 flexões com apenas um dedo, segundo reportagem do jornal britânico “Metro”. Mestre de kung fu Fu Bingli

Com 32 anos de artes marciais, o chinês suportou a série de exercícios apoiado do indicador da mão direita na segunda-feira.

 

“Eu treino desde os sete anos e meu dedo tem  tanta força quanto a maioria das pessoas tem no corpo todo”, disse Fu.

O chinês diz ainda que pode ficar de ponta-cabeça apoiado em apenas um dedo.

Motorista é suspenso após insistir para passageiros rezarem em ônibus público

11 novembro, 2009

O motorista de ônibus LeRoy Matthews foi suspenso em Atlanta, no estado da Geórgia (EUA), após insistir que seus passageiros rezassem com ele dentro do veículo público, segundo reportagem da emissora “WSBTV”.

As autoridades locais suspenderam o motorista por cinco dias após os passageiros relatarem que ele parou o ônibus, pediu a todos que dessem as mãos e rezassem.
Segundo Christopher James, um dos passageiros, a oração improvisada no ônibus público durou cerca de quatro minutos.

A verdadeira história de Zina

1 novembro, 2009

No começo do ano, uma equipe do Pânico da TV esteve na Praça Charles Miller, defronte ao estádio do Pacaembu, para repercutir a chegada do atacante Ronaldo ao Corinthians.

Em meio ao povo-fala (jargão jornalístico para as entrevistas com populares), um dos torcedores solta um recado direto ao jogador: “Ronaldo, brilha muito no Corinthians” (sic).
Pronto. O corintiano com olhar fixo e água oxigenada no cabelo curto se transformou no verdadeiro fenômeno corintiano do ano.A curta fala virou vinheta do Pânico em meio a reportagens de todos os tipos. Virou hit na internet. Ficou famoso.
Aí vem a bomba! Realmente incomodado ou devidamente instruído por aproveitadores de plantão, Marcos da Silva Heredia (que ficaria famoso como Zina) entrou na Justiça contra a RedeTV em 22 de maio – prestem bastante atenção às datas – com pedido de indenização por danos morais.“Ao ser entrevistado sobre a estréia do jogador ‘Ronaldo’, o requerente respondeu em sua forma habitual, e seu modo de falar o nome ‘Ronaldo’ foi alvo de chacota e gozações dos entrevistadores.” (sic)

“O requerente vem sofrendo com o assédio de maneira que sua rotina foi alterada, não podendo sair de casa, pois sempre é reconhecido como ‘Ronaldo’, o que está deixando emocionalmente abalado.” (sic)Em meio aos documentos, Zina anexou um laudo que diz ser “portador de transtorno mental grave”. A Justiça decidiu suspender o processo:

“1.O autor alega ser portador de transtorno mental grave e junta
aos autos laudo médico expedido pela Secretaria Municipal de Saúde (fls.20), o que, em princípio, faz presumir sua incapacidade para a prática dos atos da vida civil e, por via de consequência, sua incapacidade processual.

2.Assim sendo, determino emende o autor a petição inicial, no prazo de dez dias, juntando aos autos prova documental idônea de sua saúde mental, sob pena de indeferimento.

Int. e Dil.

São Paulo, 26 de maio de 2009
NILSON WILFRED IVANHOÉ PINHEIRO
Juiz de Direito”

Pouco mais de um mês depois, Zina estreou no palco do Pânico na TV. Era dia 28 de junho. Durante longa apresentação, foi saudado como “o poeta de uma palavra só”.No dia seguinte, 29 de junho, o próprio Zina pediu a extinção do processo contra a RedeTV.

Para quem tem qualquer dúvida, o número do processo é 020.09.006929-3 (2ª Vara Cível – Foro Regional XII – Nossa Senhora do Ó). A consulta é pública.